A aprendizagem digital é o termo designado para o método de ensino realizado através da tecnologia. O uso das ferramentas digitais para a instrução acadêmica vem mudando os métodos pedagógicos e permitindo diversas atividades e interações entre os alunos.

As aulas, realidade virtual, trabalhos digitalizados e recursos multimídias como texto, imagem, infográficos, animações, vídeos e áudios são apenas alguns dos recursos que podem ser utilizados para ministrar um curso gestão de startups, por exemplo.

Para colocar em prática essa tendência de aprendizagem, é preciso que as instituições de ensino ofereçam as ferramentas certas para que os docentes consigam melhorar a experiência dos alunos durante as aulas.

Hoje em dia, existem diversos recursos gratuitos e pagos para ajudar a equipe de professores nessa jornada. Saber utilizá-los é fundamental para criar métodos de ensino e aprendizagem que cumpram os objetivos pedagógicos.

Entre as principais ferramentas que podem fazer parte desse contexto de aprendizagem, podemos destacar:

  • Aplicativos de videoconferência;
  • Aplicativos de edição de documentos;
  • Aplicativos de armazenamento em nuvem;
  • Aplicativos de gerenciamento de conteúdos.

Além de facilitar o processo de ensino em um curso gestão de marketing e vendas, esses aplicativos também ajudam a modernizar o sistema de estudo, facilitando o trabalho do professor e a aprendizagem dos alunos.

Para saber mais sobre as principais tendências da aprendizagem digital, confira os tópicos a seguir.

4 tendências na aprendizagem digital

A aprendizagem digital é fundamental para promover um ensino com maior engajamento, pois ela possibilita maiores desafios, oportunidades de aprendizagem e também de desenvolvimento, como em um curso de gestão de pessoas ead.

Atualmente, vivemos em uma era digital e por isso é necessário estar constantemente atento às novas tendências, principalmente na área educacional, já que é fundamental para garantir a educação.

As instituições de ensino devem acompanhar essa tendência, pois se trata de uma evolução da sociedade que deve fazer parte do papel educacional.

Os avanços tecnológicos são uma marca da sociedade atual, e contam com diversas ferramentas para oferecer uma educação eficiente.

Para saber mais sobre as tendências da aprendizagem digital, confira os tópicos a seguir:

  1. Aprendizado mobile

Os dispositivos móveis, como os celulares e os tablets, são os principais equipamentos eletrônicos que os alunos possuem hoje em dia. Por mais que o avanço tecnológico esteja em plena expansão, ainda não são todos que têm acesso a computadores e notebooks.

Entretanto, não ter acesso a computadores e notebooks não impede ou limita a aprendizagem digital, já que os estudantes possuem muita familiaridade e facilidade para manusear os aparelhos celulares e tablets.

Por isso, no momento de planejar as aulas para um curso de empreendedorismo a distância, os professores devem ter em mente a necessidade de adaptar as aulas para esses dispositivos, permitindo a inclusão e o aproveitamento total das aulas para todos.

  1. Gamificação

A gamificação é um termo utilizado para denominar a dinâmica de jogos nas atividades escolares com o objetivo de aumentar o engajamento dos alunos durante a aprendizagem digital, como em um curso de gestão de marketing e branding.

Os jogos eletrônicos, por exemplo, podem estimular os alunos de várias formas, como aumentar o raciocínio lógico, estimular o trabalho em equipe, planejar ações, traçar estratégias mais precisas, além de aumentar a capacidade de seguir instruções.

Diante disso, os alunos conseguem associar o aprendizado como uma espécie de prêmio ao final do jogo. Ou seja, a gamificação além de estimular os estudos, ainda ajuda os professores a inovarem as aulas.

  1. Realidade virtual

A realidade virtual é uma nova maneira de criar experiências imersivas para os estudantes dentro do cenário de aprendizagem digital. Através dessa experiência, o aluno pode sentir que está visitando novos lugares para aprender, como os museus.

Aplicando essa nova tecnologia ao currículo de ensino, as escolas podem investir em ferramentas, como os óculos virtuais. Também já existem aplicativos disponíveis capazes de oferecer essa experiência e podem ser utilizados nas instituições.

Esse tipo de aplicação também ajuda a aproximação dos estudantes com os conteúdos estudados, como o desenvolvimento e gestão de startups, mostrando de forma mais próxima relevos, monumentos históricos ou planetas, por exemplo.

  1. Microlearning

Outra tendência para a aprendizagem digital é o microlearning, que é um tipo de abordagem de ensino onde os conteúdos são divididos em módulos objetivos e menores, trazendo a proposta de tarefas mais curtas.

Como muitos estudantes possuem dificuldade de concentração no ensino remoto, o microlearning permite que os docentes criem uma sequência lógica para o conteúdo de uma matéria mais extensa, ensinando desde conceitos mais básicos até os mais avançados.

Essa dinâmica mais ágil permite uma maior concentração dos alunos, estimulando a prática também ao invés apenas de ouvir. Esse tipo de ação permite que os alunos consigam reter melhor cada módulo, deixando-os mais confiantes em relação às aulas.

Os benefícios da aprendizagem digital

A aprendizagem digital é capaz de inspirar o desenvolvimento e a modernização dentro das escolas e também das empresas. Isso porque ela torna capaz a capacitação de pessoas, incentivando-as a buscarem por novos conhecimentos e habilidades.

A evolução digital modificou diversos setores, até mesmo a gestão de marketing e comunicação, e no setor da educação não seria diferente, pois é um pilar fundamental da sociedade.

Nos últimos anos, principalmente por conta da pandemia do novo coronavírus, várias instituições de ensino investiram na aprendizagem digital, fator que também influenciou na relação entre professores, alunos e pais.

Portanto, o uso da tecnologia no ambiente de ensino promove diversos benefícios. Confira alguns deles a seguir.

  1. Otimização de tempo

O advento da transformação digital criou um novo cenário para diversos segmentos e acelerou o processo de globalização. Com essa quebra de barreiras, a forma de utilizar o tempo mudou, tornando possível estar presente em vários locais virtualmente.

No cenário da educação, essa evolução também otimizou o tempo dos estudantes, pois possibilitou que as tarefas antes feitas presencialmente, pudessem ser feitas de forma virtual, otimizando o tempo de viagem até os locais.

  1. Criação de acervo digital

Um acervo digital reúne diversas obras e trabalhos, quebrando a linha tradicional da presença física para estudar esses materiais, e facilitando a conexão de grandes obras literárias e conteúdos relevantes com os alunos.

Essa ferramenta é muito utilizada em instituições de ensino superior públicas e privadas, permitindo que diversos formatos sejam compilados em uma plataforma online através de servidores em Cloud, capazes de suportar um acervo online com grande volume de materiais.

  1. Ampliação de conexões

Outro benefício da aprendizagem digital é o fortalecimento das conexões entre alunos, docentes e as instituições de ensino dentro do ambiente virtual. Essa conexão permite uma maior troca de informações, criando uma cadeia forte e qualificada.

Em um país grande como o Brasil, essa conexão é muito importante, pois ao mesmo tempo em que respeita as diferenças regionais, permite a visão como um todo através da troca de experiências.

  1. Evolução digital

A evolução do entretenimento on demand, ou “sob demanda” em português, se tornou muito comum atualmente. Os serviços das plataformas de streamings possibilitaram a democratização desse modelo de conteúdo.  

Essa evolução permite assistir os materiais quando e onde a pessoa quiser, mesmo que seja uma aula de gestão de startups e empreendedorismo digital, ainda mais por conta da evolução da internet móvel e da grande quantidade de celulares.

  1. Redução de custos

Normalmente, o uso de tecnologias pode ser associado a otimização de custos em um longo prazo. Essa economia pode ser percebida através do menor consumo de materiais físicos como apostilas, impressões e outros materiais impressos.

Além disso, as instituições de ensino também irão economizar com o investimento em infraestrutura, pois poderá diminuir o espaço físico da sua sede, já que com as aulas online os alunos irão estudar de suas próprias casas.

  1. Maior acessibilidade

A acessibilidade é um fator essencial para a evolução digital, pois permite que mais pessoas se conectem à rede, já que favorece o fortalecimento social e também o acesso à educação, impulsionando diversos setores.

Uma rede conectada e estável, permite o acesso a servidores com diversos conteúdos relevantes, criando uma experiência única e eficaz para o setor educacional. Isso reúne o melhor dos dois mundos, ou seja, um grande público e uma experiência qualificada.

  1. Facilidade de compartilhamento

O compartilhamento de informações se tornou algo comum para quem está acostumado a estar conectado.

Assim, áudios, vídeos e imagens ficam fáceis de serem compartilhados através das redes sociais, como o Instagram e o WhatsApp.

Para a área da educação, essa ação facilita a conexão entre os docentes e os estudantes, pois a distribuição de materiais relevantes é capaz de fortalecer o conhecimento e expandir o desejo das pessoas que querem ou precisam aprender novas coisas.

Como posso te ajudar?