Descubra o Que é Outbrain e Como ela Pode Ajudar na sua Estratégia de Marketing de Conteúdo

 

Manter um internauta em seu blog ou site é uma tarefa difícil, que exige preparação, estratégia e conteúdos relevantes.

O Marketing de Conteúdo traz como definição o ato de criar e distribuir esses conteúdos para engajar sua audiência e atrair ainda mais interessados no que você tem a dizer.

Em busca do alcance do grande público muitos empresários testam soluções que os ajudem a conquistar uma audiência maior e fiel, entre eles está a Outbrain, mas você sabe o que é outbrain e como ela pode te ajudar na estratégia de Marketing de Conteúdo?

 

Se a resposta for não, continue aqui comigo que vou explicar direitinho como essa solução funciona e como pode te ajudar a conquistar leads e conversões.

O que é Outbrain?

Há alguns meses eu expliquei bem como funciona a estratégia de Marketing de Conteúdo e falei que é preciso que você entenda bem qual é o comportamento do consumidor para assim entregar o que ele precisa, focando sempre em suas necessidades e dores.

Pois bem! Dito isso é preciso entender que mesmo que o Marketing de Conteúdo seja feito, não é sempre que os resultados surgem com a facilidade e a rapidez que imaginamos e é nesse quesito que a Outbrain pode te ajudar.

 

A solução te auxilia a se “mostrar visível” para uma parcela maior da internet ao ampliar sua distribuição, inserindo seu texto no rodapé de meios de comunicação e corporações mais reconhecidas no mercado.

Além disso, a solução mostra aos seus visitantes opções de conteúdos similares ou com o mesmo grau de relevância do que aqueles que estão lendo.

Como a Outbrain pode ajudar no Marketing de Conteúdo?
Basicamente a Outbrain te ajuda de duas maneiras. A primeira consiste em tornar seu conteúdo mais alcançável e capaz de ser encontrado por pessoas que estão realmente interessadas nos assuntos que você aborda.

 

Além disso, ao oferecer opções de conteúdos similares a solução te ajuda a manter um internauta navegando em seu site e blog, já que a pessoa vai sendo levada de um artigo para o outro por conta de sua relevância ou compatibilidade com o que foi escrito.

Por exemplo, vamos supor que você faça um conteúdo sobre como aumentar suas vendas na internet.

Ao final dele, o internauta recebe 3 sugestões de posts de seu blog “5 dicas para vender mais e melhor”, “Aprenda a criar personas para impulsionar suas vendas” e “Como o Marketing de Conteúdo pode ajudar em seu negócio”.

 

É natural que o leitor tenha interesse em continuar com as três leituras e consiga, assim, absorver o máximo de conteúdo que você tem a oferecer.

Isso faz com que ele vá até os outros posts, os leia e talvez continue navegando por conta das próximas sugestões.

Nós sabemos que quanto mais tempo ele ficar em seu blog, mais nutrido fica e maiores as chances de realizar a compra de seu produto ou serviço.

 

Gostou do conteúdo e quer descobrir novas estratégias? Assine nossa newsletter e recebe conteúdos exclusivos sobre esses e outros assuntos.

Este artigo foi escrito originalmente no blog da Ignição Digital

Encontre o modelo de blog gratuito perfeito para o seu site

 

Na última década, o blog passou de uma atividade obscura realizada pelo nerd da noite para uma prática quase onipresente. 

Continue lendo “Encontre o modelo de blog gratuito perfeito para o seu site”

Sua classificação no Google não importa mais

 

Por um bom tempo, as classificações de palavras-chave foram uma parte essencial de qualquer campanha de SEO. Em muitos casos, eram uma métrica principal usada para avaliar o desempenho.

Continue lendo “Sua classificação no Google não importa mais”

Um guia para iniciantes dos 4 algoritmos de classificação mais importantes do Google





 

Esqueça o clichê – search engine optimization (SEO) está morto definitivamente ainda existe.

Continue lendo “Um guia para iniciantes dos 4 algoritmos de classificação mais importantes do Google”

Como reconhecer padrões de comportamento autodestrutivo





 

Em um ponto ou outro, todos nós nos engajamos em comportamento autodestrutivo.

Continue lendo “Como reconhecer padrões de comportamento autodestrutivo”

Como ser multitarefas sem fundir seu cérebro

Tome estas medidas para atenuar os efeitos prejudiciais de fazer um milhão de coisas de uma só vez





 

Vivemos na era de ouro da multitarefa. A tecnologia possibilitou o envio de e-mails em uma caminhada, o envio de texto para o seu parceiro no trabalho e a realização do Civilization em sala de aula.

Continue lendo “Como ser multitarefas sem fundir seu cérebro”