Os gatilhos mentais são parte da psicologia e compreendê-los é fundamental para o sucesso da empresa, afinal, são capazes de ajudar nas estratégias de marketing digital e em outras campanhas realizadas.

São eventos e circunstâncias externas que produzem sintomas emocionais e psiquiátricos, que podem ser favoráveis ou não. Para ativar o gatilho mental de uma pessoa, é necessário usar um dos cinco sentidos.

Geralmente, os departamentos de marketing e vendas são mais comuns e utilizam a visão e a audição em seus projetos. Na verdade, o marketing digital pode utilizar muitas estratégias para gerar leads e fidelizar clientes.

Elas vão desde as mais simples até as mais complexas e a eficiência de cada uma está relacionada aos desejos e necessidades das pessoas, oferecendo produtos e serviços em momentos apropriados.

As pessoas possuem estímulos e motivações parecidos e quando são trabalhados do jeito certo, conseguem induzir uma ação esperada pela marca. Mas isso só é possível para quem conhece e compreende os clientes e é capaz de influenciá-los.

Pensando nisso, neste artigo será explicado o que são gatilhos mentais, como podem ser usados e também serão dadas algumas dicas para implementá-los em seu negócio.

O que significa gatilhos mentais?

Os gatilhos mentais são eventos e circunstâncias externas que produzem sintomas emocionais ou psiquiátricos que podem ser favoráveis ou desfavoráveis, tais como:

  • Ansiedade;
  • Alegria;
  • Pânico;
  • Calma;
  • Desânimo;
  • Entusiasmo;
  • Desespero;
  • Motivação;
  • Pensamentos positivos;
  • Pensamentos negativos.

É natural que as pessoas tenham alguma reação diante desses gatilhos, e eles podem ser estruturados de maneira estratégica para produzir emoções e sentimentos.

Quando uma empresa de plano de internet ativa um gatilho mental, abre uma janela da memória e faz com que o indivíduo reviva uma experiência. É como se ele pudesse viver novamente um momento e sentir a mesma coisa que sentiu antes.

Além disso, provoca sentimentos ao usar elementos do conteúdo que trazem uma sensação ou experiência ao leitor. Justamente por isso é tão importante utilizar imagens e referências com efeitos positivos.

Pense nas fotografias que você vê na Internet e nos sentimentos que elas despertam. Por exemplo, uma imagem de um bebê com um filhote de cachorro pode remeter a cuidado e amor e, para despertar esse sentimento, não foi preciso recorrer a elementos do passado.

Contudo, pelo fato de trazer sensações nas pessoas, é muito importante ter cuidado com as estratégias de gatilhos mentais, pois da mesma forma como os sentimentos bons são ativados, os sentimentos ruins também podem voltar.

A empresa deve ter muito cuidado para não atingir memórias traumáticas ou coisas negativas, e apenas trabalhar com aquilo que provoca a sensação de conforto, confiança, exclusividade e independência.

Um fabricante de bateria heliar 100 pode ativar o gatilho mental por meio dos cinco sentidos, que são visão, audição, paladar, tato e olfato. Porém, quando se trata do marketing digital, a visão e a audição são as mais trabalhadas.

Se a marca souber combinar todos esses sentidos, ela consegue ativar um gatilho mental que despertará a necessidade de compra de seus produtos e serviços.

Como usar os gatilhos mentais?

Sabe-se que as empresas precisam vender para sobreviver e as vendas podem acontecer dentro e fora da Internet. Nesse contexto, é indispensável entender como utilizar os gatilhos mentais nas estratégias de marketing.

Isso acontece por meio dos princípios e é necessário saber quais são eles para escolher os gatilhos que serão trabalhados.

Um deles é o princípio da reciprocidade, sentido por uma pessoa que recebe algo de alguém que não pede nada em troca. Quando isso acontece, automaticamente a necessidade de retribuir o favor aparece.

Para trabalhar essa sensação, uma empresa pode publicar conteúdos em seu blog para ajudar as pessoas em relação a algum problema ou necessidade que tenham. Por exemplo, uma rede de supermercados pode dar dicas de dieta e emagrecimento.

Da mesma forma, um fabricante de desinfetante galão 5 litros pode criar conteúdos com dicas de limpeza e oferecer um verdadeiro presente para os visitantes.

Também existem algumas empresas que enviam um brinde junto com a primeira compra e tudo isso desperta o princípio da reciprocidade.

Há também o princípio da autoridade, que nada mais é do que estimular a confiança dos consumidores. As organizações devem posicionar suas soluções como líderes de mercado e demonstrar autoridade naquilo que fazem.

As pessoas precisam sentir que o seu negócio é o melhor dentro do segmento que atua, e para isso é necessário se comportar como uma corporação que realmente sabe o que faz.

A melhor maneira de fazê-lo é por meio do marketing de conteúdo, que pode ser definido como produção de materiais ricos e relevantes que falem sobre assuntos do interesse da audiência.

Uma empresa de locação de caminhão munck pode trabalhar o princípio da prova social, tendo em vista que o ser humano é totalmente influenciável pelo que o outro faz.

É normal gostar de algumas coisas só porque outras pessoas também gostam, portanto, se algo demonstra ser popular, vai despertar o desejo de compra.

Mostre para o seu público quais são os produtos e serviços mais vendidos da sua marca e o motivo deles serem tão desejados pelas pessoas.

O gestor também pode trabalhar o princípio da novidade, pois a maioria das pessoas gosta de coisas diferentes. Isso acontece porque o cérebro emite sensações de recompensa e motiva os consumidores a procurar novidades frequentemente.

Dentro do marketing digital, esse princípio pode acontecer através de anúncios de novidades que chegarão em breve, tanto por meio de um conteúdo exclusivo e completo, quanto por uma nova versão da solução.

Independentemente de qual caminho uma autoescola de CNH carro e moto escolher, ela deve trazer novidades de tempos em tempos para manter o interesse do público.

Por fim, existe o princípio da escassez e da urgência, que mostra para a pessoa que ela está perdendo uma grande oportunidade. Uma das formas de trabalhá-lo é por meio da sugestão de produtos que estão se esgotando.

Como implementar os gatilhos mentais no negócio?

A seguir, serão detalhadas diferentes maneiras que você pode trabalhar alguns gatilhos mentais em seu negócio para mantê-lo sempre atrativo.

1.    Gatilho mental de escassez

Este é o gatilho mental mais famoso e seu propósito é incitar nas pessoas uma sensação de perda. Elas sentirão medo de ficar sem determinado produto ou serviço e vão acabar comprando a solução.

Para aplicar este gatilho, procure apresentar a quantidade de produtos que ainda estão disponíveis na loja, desde que eles sejam realmente poucos.

Por exemplo, se uma empresa de aluguel de tenda para casamento disser que existem apenas duas unidades de um modelo específico de tenda, esta realmente deve ser a quantidade disponível.

2.    Gatilho mental de autoridade

Quando a organização se torna autoridade naquilo que faz, consegue comprovar sua expertise. O cliente vai se sentir mais confiante em relação à marca, os produtos e serviços que ela oferece, facilitando a decisão de compra.

É necessário dominar alguns conhecimentos sobre o mercado para aumentar a experiência do negócio, e os consumidores podem ficar por dentro dessa informação com a publicação de conteúdos originais.

3.    Gatilho mental de prova social

Muitas pessoas têm a necessidade de serem aceitas para conviver bem com grupos e isso é algo que o gatilho social é capaz de colocar à prova.

Por meio da estratégia, um fabricante de cortina rolô para sala consegue convencer o cliente de que seu produto é essencial para que ele possa fazer parte de uma comunidade.

Para fazer isso, mostre que a marca é escolhida por pessoas bem-sucedidas e que todas tiveram excelentes resultados com as soluções.

4.    Gatilho mental da antecipação

O gatilho da antecipação mexe com expectativas relacionadas ao futuro, e a ideia é criar boas perspectivas em relação ao lançamento de um produto ou serviço.

Para trabalhar com ele, é imprescindível planejar ações de publicidade que vão preparar a audiência para as novidades. As divulgações precisam ser instigantes e despertar o desejo de aquisição.

5.    Gatilho mental do porquê

Por meio deste gatilho mental, uma GNV oficina estimula o cérebro e desperta emoções positivas e a curiosidade das pessoas.

É assim que o cliente vai compreender que existe uma resposta para suas dúvidas, fazendo com que ele permaneça interessado naquilo que a empresa quer falar para ele.

Para trabalhar esse método, basta preparar um conteúdo que destaque as razões pelas quais a sua marca é importante e de que forma ela pode ajudar em algumas situações.

Considerações finais

Os gatilhos mentais são muito relevantes para as estratégias de marketing digital ou marketing tradicional como um todo, além de ajudar o departamento de vendas a impulsionar seus resultados.

Por meio deste artigo, foram apresentadas as definições desta estratégia tão utilizada pelas empresas, assim como dicas para que você saiba as melhores maneiras de começar a implementá-la em seu negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Como posso te ajudar?