Você já deve ter notado que muitas vezes ao comprar algo em uma marketplace, o item é vendido e entregue por uma empresa com nome diferente do site de onde você comprou.

Dessa forma seguindo todo o processo e etapas de compra, sendo entregue para uma empresa de entrega de encomendas e chegando até o consumidor, se tornando um processo comum nas diversas plataformas.

Esse tipo de experiência mostra que você está em um marketplace, onde a plataforma disponibiliza o espaço e toda sua popularidade, para que diversas empresas possam divulgar seu produto e realizar vendas através desta plataforma.

Este espaço reúne as mais diversas empresas e negócios, sendo um espaço amplo e cada vez mais crescente no mercado, tendo produtos desde uma empresa de desinfetante até empresas de máquinas fotográficas.

Assim, reunindo cada vez mais possibilidades e oportunidades, além de toda praticidade para os consumidores, que através desta plataforma podem encontrar tudo que desejam em um único local.

Com isso estas plataformas oferecem um meio cada vez mais inovador é algo totalmente útil para todos, sendo uma ferramenta importante para os negócios gerando cada vez mais oportunidades.

Desde 2012, esse conceito vem sendo fortalecido em nosso país e adotado por OLX, Mercado Livre, Americanas, Amazon e outros. Empresas com um nome e uma popularidade fortíssima no mercado, facilitando o processo de conhecimento por parte do público.

Podemos definir um marketplace como um grande shopping virtual onde várias lojas oferecem seus produtos e atuam em segmentos de mercado específicos para atender a demanda de mercadorias em um mercado específico.

Como em um exemplo esta plataforma reúne meios cada vez mais distintos que dividem o mesmo espaço e atraem cada vez mais a atenção do seu público, trazendo desde uma fábrica de luvas descartáveis a uma empresa de acessórios de viagem.

Hoje, os marketplaces são um dos modelos de negócios mais lucrativos do mercado. Sendo uma das principais opções para os negócios, gerando cada vez mais lucro e ganhando cada vez mais a atenção do seu público.

Esse formato traz sucesso para os vendedores, principalmente para aqueles que decidem construir seu próprio marketplace. As startups mais bem-sucedidas de hoje, como Uber, Apple e Airbnb, usam essa plataforma.

Plataformas que viram toda esta inovação e entenderam o quanto era necessário conhecer e fazer parte deste mundo, sendo totalmente positivo para estes negócios.

Se quer entender melhor de todo funcionamento, das suas vantagens e desvantagens e de como esta plataforma está crescendo, acompanhe no texto a seguir.

O que é o marketplace?

As vantagens deste modelo de negócio beneficiam todos os envolvidos. Os clientes podem comparar cotações e avaliações de diferentes profissionais.  Vendedores e prestadores de serviços podem divulgar seus trabalhos nesta “exibição online” e conquistar mais clientes.

Aqueles com um mercado podem intermediar o negócio e lucrar com as conexões estabelecidas. Sendo uma ferramenta viável e de total vantagens para todos, possibilitando as mais diversas transações.

Assim, como exemplo um distribuidor de papel higiênico, um empreendedor ao entrar em contato com esta distribuidora, tem a possibilidade de vender este papel higiênico nestas plataformas, gerando seu lucro e o lucro para a distribuidora.

Com isso os administradores de mercado não precisam se preocupar com fabricação, estoque ou entrega. Isso ocorre porque estes são de responsabilidade do provedor da plataforma.

Dessa forma gerando praticidade para as pessoas que estão vendendo, sendo um negócio viável e de total comodidade para os administradores, fazendo cada vez mais com que o mercado esteja sendo movimentado.

Afinal, o papel desse empreendedor é gerenciar o negócio e atrair fornecedores e clientes para a plataforma. Para isso, podem ser utilizadas técnicas de marketing digital, por exemplo.

Técnicas que, ao serem utilizadas da maneira ideal, geram cada vez mais popularidade ao negócio dentro destas plataformas, fazendo com que o público consuma os produtos e conteúdos com mais facilidade.

Por tudo isso, os marketplaces são um negócio inovador que está revolucionando o e-commerce. Como resultado, as compras online tornaram-se mais fáceis, práticas e eficientes.

Desse modo possibilitando uma revolução na forma como as vendas são feitas, gerando cada vez mais técnicas e ferramentas para que se tenha uma facilitação do meio.

Assim, gerando facilidades desde uma fornecedor de material de limpeza a meios totalmente imagináveis, conseguindo trazer uma facilitação, recursos e possibilidades cada vez maiores para todos os meios.

Abaixo podem ser observadas as vantagens e desvantagens que permeiam este mercado totalmente revolucionário.

Vantagens de vender no marketplace

Vender no marketplace é uma ótima estratégia para quem já vende seus produtos em lojas físicas ou outros meios como as redes sociais. Gerando cada vez mais lucros e entrando em um mundo de infinitas possibilidades.

Esses empreendedores costumam ter melhor desempenho. Ainda assim, eles estão acostumados a lidar com manufatura, estoque, operações, logística, um armazém geral e entrega. Confira os principais benefícios:

Maior visibilidade

Um dos principais benefícios que um marketplace pode oferecer ao seu negócio é ganhar visibilidade. Possibilitando cada vez mais negócios e olhares para o seu negócio, virando referência no meio em que a empresa está inserida.

No geral, as plataformas de marketplace são vistas por mais pessoas do que as lojas físicas individuais. Portanto, sua vitrine pode ser acessada por mais usuários.  Atraindo desde um consumidor de acessórios de limpeza profissional ao público mais diversos.

Aumento das vendas

À medida que a visibilidade aumenta, a tendência é que suas oportunidades de vendas também aumentem. Devido a todo acesso e popularidade, as vendas e diversas oportunidades ganham cada vez mais força.

É claro que esse benefício não pode ser alcançado isoladamente. É preciso ficar atento aos preços, descrições, fotos publicitárias e a combinação de produtos e serviços. Facilitando ao máximo para que se tenha este crescimento na plataforma.

Custo-benefício

O custo de manutenção de um marketplace é muito menor do que o custo do e-commerce. Muito inferior ao custo do e-commerce. Isso porque, no que diz respeito ao mercado, basta negociar o valor da comissão de vendas.

Isso reduz os gastos com criação de sites, hospedagem e publicidade. Recursos até então utilizados que geram mais gastos, tempo e a movimentação de diversos esforços para seu funcionamento.

O custo de manutenção de um marketplace é muito menor do que o custo do e-commerce.

Estrutura pronta

Outra vantagem do marketplace é que, muitas vezes, a estrutura de marketing, formas de pagamento e integração com os correios já existe. Ou seja, é possível aproveitar esses recursos confiáveis ​​e conhecidos do cliente que já estão inclusos no preço negociado.

Dessa forma trazendo uma praticidade a mais para o seu negócio, facilitando estas plataformas através de serviços inclusos em todas as etapas do marketplace.

Desvantagens de vender no Marketplace

Infelizmente, embora tenhamos listado muitas vantagens neste conteúdo, também há algumas desvantagens a serem consideradas. A competição acirrada é uma delas.

Concorrência mais acirrada

Quando falamos de um shopping que reúne lojistas, que vendem seus produtos naquele espaço, você não está sozinho em público. Seus produtos aparecerão em categorias nas quais outros vendedores também aparecerão.

Personalidade da marca

Mesmo que o mercado reconheça sua loja ao vender, os clientes ainda comprarão da “loja x” em vez de você. Tendo ideia no momento da compra que estão consumindo da plataforma digital, não do seu negócio e de toda história e personalidade envolvida.

Fixar a marca na mente do consumidor e gerar recompras é mais complicado nessa fase, já que basicamente você não presta atenção na personalidade dela. Não estabelecendo de fato um contato único e uma troca mútua com o cliente.

Os marketplaces são um atalho relativamente rápido para levar seus produtos aos clientes, mas saiba que se você tem uma loja virtual, é importante não descuidar de toda identificação da marca.

Comissão da plataforma

O marketplace cobra algumas taxas ou comissões das lojas parceiras. Para aderir a esse modelo de negócio, os lojistas precisam se adequar às regras de seus parceiros e absorver possíveis aumentos de tarifas, enfrentando grandes variações de custos.

Dessa forma sendo uma espécie de fornecedor de software, onde os marketplaces disponibilizam toda a plataforma e facilidades que elas carregam, mas tendo uma série de regras envolvidas para que as empresas possam estar nesta plataforma.

Escolha da plataforma ideal

Existem vários fatores a serem considerados ao escolher um mercado para ofertar um produto, um deles é a qualidade do suporte. Este processo da escolha da plataforma, devem ser levados em conta diversos fatores, justamente para que esta adaptação possa ser feita da melhor maneira possível.

Com isso, o cuidado e atenção redobrado na escolha desta plataforma é fundamental, visando uma adaptação rápida, não gerando ainda mais dificuldades e arrependimento nesta escolha e em todo o processo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Como posso te ajudar?