Elias estava sentado perto de um ribeiro, naquela seca em Israel, quando de repente, este secou.  Ele começou a se queixar:  — Senhor, que estás fazendo comigo?  Este ribeiro não veio de Ti, para minha provisão?

— Sim, Deus respondeu. Que Elias fez então?  Levantou-se e repreendeu o diabo?

Não. Deus explicou: — Elias, este ribeiro secou porque eu quero abrir uma outra fonte.

Eu gostaria de sugerir que Deus tem se manifestado de 1945 para cá num  avivamento de sinais e curas e grandes ministérios. O Espírito de Deus tem sido  derramado, e grandes homens de Deus levantados que começaram a proclamar a Palavra. Apesar de alguma coisa falsa no meio, Deus realmente estava com estes ministérios, e multidões lotavam as tendas armadas, onde sinais e maravilhas se manifestavam.

Eu perguntei ao Senhor: — Que estás fazendo?

Ele me mostrou  que este  é  o  ministério de João  Batista,  proclamando: 

—  Acorda,  igreja!  Acorda, mundo! Deus está se movendo na terra!

Mas digo uma verdade.  Este ribeiro está secando.  Os ministérios individuais estão secando.  Em outro lugar Deus está abrindo uma outra fonte, chamada o Corpo de Cristo. E, à medida que o ribeiro novo começa a fluir, há muita  sujeira  e impureza inicial que começam  a  sair  a  ser  levadas  pelas  primeira enxurradas. Se virmos  algumas manifestações  ou  operações  esquisitas  dentro deste Corpo que está se formando, podemos ficar tranquilos, pois as águas se limparão.

Ao mesmo tempo mudanças muito drásticas serão necessárias para efetuar esta transição no Plano de Deus. Uma das primeiras mudanças é que você não  poderá mais empregar um pastor para fazer o seu trabalho. Você mesmo terá que funcionar no seu devido lugar! Deus está tirando este “sistema antigo”. 

Ele está levando os seus servos para ministérios mais perfeitos no Seu plano.

A Patrola de Deus – Bob Munford

Alguém vai dizer: — Mas não foi de Deus tudo que tivemos até agora: pastores, igrejas, e grandes ministérios? Sim, realmente foi de Deus. Mas agora este ribeiro está secando.  Outro ribeiro está começando a correr.

Chama-se o Corpo de Cristo, ou também “Funcionamento de Cada Membro.”  É quando cada homem, mulher e criança  participa e se envolve no derramamento e fluir do Espírito de Deus. Como resultado, quebra-se aquele padrão de ação (clero, culto, templo – leito, teórico e experimental).

Algumas pessoas têm chamado este ribeiro novo, com o novo derramamento  do Espírito, de Renovação Carismática. Este nome não é adequado. Não é uma revolução, alguns serão feridos, algumas coisas serão derrubadas, haverá   mudanças, coisas estranhas, tumultos e muita coisa que gostaríamos que nunca acontecesse. Mas não há outro caminho. Como poderíamos ter uma revolução sem uma faísca ao menos?

“Eu Conquistei o Mundo”

Em João 16:33, nós lemos: “No mundo tereis aflições” – esta é uma promessa e ela é sua – “mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” – ou literalmente:  “Eu conquistei o mundo.”

Um judeu, de aspecto comum, estava falando. Ele era tão normal que foi preciso que Judas o beijasse para ser identificado (Lucas 22 47).  Ele tinha doze discípulos, um dos quais era o traidor.   Após ter pregado por três anos e meio, tudo dera errado.   A “instituição”, a igreja, a política, tudo estava contra Ele. Metade do povo nem sabia quem Ele era.

E aí Ele estava com os onze discípulos, cheios de medo, dizendo-lhes:  “Eu conquistei o mundo!”  No meio de anarquia, confusão, tudo errado, com onze discípulos amedrontados, espiritualmente dormindo, no fim do Seu ministério, Ele ainda diz: “Eu conquistei o mundo!” Ou Ele foi o Filho de Deus ou Ele era um doente mental.

Não digo isto em sacrilégio. Eu não aceito de maneira alguma o ensinamento que Jesus foi um homem bom, ou um líder para seguir. Ele é, pelo contrário, o Filho de Deus, nascido de virgem, concebido pelo Espírito Santo! E este Jesus estava lá um dia, no meio de uma multidão de circunstâncias contrárias: Pilatos na sua posição, os sacerdotes, o povo de César, o Sinédrio, enfim, tudo permanecia  como sempre. E Ele tem coragem de dizer a alguns poucos homens, palavras que atravessa os séculos até chegar em nós: “Eu conquistei o mundo!”

Agora, se Jesus disse “Eu conquistei o mundo”, será que você pode dizer o mesmo? Como testemunho, como declaração do seu direito, sim. E como experiência?

“Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?” (I João 5:5)

“Maior é aquele que está em vós que aquele que está no mundo.” (I João 4:4)

“Ao vencedor (ou ao conquistador) dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono.” (Apoc. 3:21)

Quando será este trono, agora ou no milênio?

Reinando em Vida

Jesus deu-nos esta verdade em forma embrionária; Paulo nos dá a mesma verdade, explanada em Romanos 5:17.

“Porque, se pela ofensa de um só, a morte veio a reinar por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e o dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.”

Onde reinaremos? Em vida!

Aqueles que receberem o dom da justiça, ou seja, aqueles que forem justificados, feitos justos pela fé, estes reinarão em vida, como reis!

Primeiramente, Jesus vem nos conceder o dom da justiça, imputar-nos  justiça,  batizando-nos também nas águas e no Espírito Santo. Se você já recebeu tudo isto, será que falta ainda alguma coisa?

Irmão, o que o Senhor faz por você (arrependimento, justiça, batismo nas águas e no Espírito Santo) é feito por você a fim de prepará-lo para que Deus possa fazer algo em você. Depois de imputar-lhe a Sua justiça, Ele ainda tem que operar Sua natureza em você.

Ele quer operar algo em você até que você possa ficar no meio da pior situação imaginável, e dizer: “Eu conquistei o mundo”, creia ou não! O que o Senhor quer na vida de todo cristão é a capacidade de reinar sobre todas as situações, e também no meio do caos.

Nós temos aprendido que a situação deve mudar para podermos reinar.

— Se o vizinho mudasse, eu teria vitória!

— Ore por minha esposa, pois é impossível ser espiritual enquanto ela continuar assim!

Mas o Senhor tem nos feito o bem em colocar-nos naquela situação! Ele está nos guiando no caminho em que devemos ir, não naquele que queremos. E por isto resistimos a Deus, porque não queremos ir por aquele caminho que Ele preparou.

É minha convicção, em vista de tudo que Deus está fazendo hoje, que somente aqueles que obtiverem vitória pessoal nas suas vidas enfrentarão o desafio de hoje e fluirão com o mover do Espírito nestes dias.  Não é que alguns serão super-espirituais, ou mais santos. O que Deus está fazendo é aberto a todos, e Ele tem como objetivo nos levar a vitória completa nestes dias.

Eu estou pedindo que o Senhor opere em nossos espíritos para que possamos reconhecer o que aconteceu com o outro ribeiro que secou, e que Ele nos  mostre este novo  ribeiro, a fim de envolvermos nele, fluirmos e participarmos do Seu rio de vida e gozo na terra.

Toda adversidade que enfrentamos na vida, traz consigo uma vantagem equivalente. Sempre tem dois lados e se você conseguir enxergar o outro lado, vai tirar melhor proveito da experiência e provavelmente solucionar o drama.

Como posso te ajudar?