Em uma estratégia de marketing o conceito de conteúdos evergreen aborda um tipo de material com abordagens atemporais, mas ao mesmo tempo mantém-se relevante por longo período de tempo, mesmo depois de publicado. Logo a tradução faz jus ao significado em portugês, sempre verde.

Independente da abordagem, do assunto ou do conteúdo, a geração de resultados é contínua, e não envelhece no meio digital. É mantido como relevante por um bom tempo e continua gerando tráfego nos motores de busca, e constância para a página de um blog. 

Auxiliar de estratégias de inbound marketing, os conteúdos verdes são importantes também para as estratégias de SEO, pois não importa qual seja o assunto do ano, as informações que compõem toda essa estratégia são necessárias para se tornar uma potência e gerar crescimento.

Além dessa relevante maneira de propagar materiais informativos, há os conteúdos de opinião e informativos, comentados em “tempo real” a fim de atrair um público mais atualizado sobre o que acontece fora das telas em outros países, continentes, planetas. 

Com isso há assuntos que são importantes para se manterem atualizados, visto que trata de números, métricas, atualizações de aplicativos e configurações de sites, incluindo os blogs.

A atração de visitantes não vai mudar se o assunto tratar de temas populares, como é o caso de algum distribuidor de descartáveis, além de serem válidos por não exigirem muita manutenção, logo algumas intervenções já são suficientes para que haja qualquer detalhe adicional, em formato de parágrafos, novos títulos com palavras-chave, a fim de garantir o máximo de rendimento.

Contanto, havendo uma revisão ajuda na obtenção de melhores resultados e posicionamentos na busca orgânica. Sempre haverá pessoas interessadas nesse modelo de conteúdo, a fim de consumir cada tópico como se fosse inédito, ao contrário do que pensam, a marca ganha autoridade e conquistam lugar de destaque nas primeiras posições dos marcadores.

Um dos princípios do marketing digital está o ganho de valor, logo quanto mais conteúdos agregadores de conhecimento, maior a chance de manter esses em um crescimento contínuo e estável. 

O tráfego orgânico se fortifica nessa prática de produção de conteúdo, porque o investimento tem vigência a longo prazo sem que dependa de tendências passageiras, o que reforça ainda mais a entrega de informativos sem data prévia de validade.

Razões para criar conteúdos evergreen

Se o objetivo for obter mais visualizações, ganhos de links, e diferentes acessos em diferentes datas por diferentes visitantes, os conteúdos evergreen são uma boa garantia para esses resultados. 

Além de reforçar a autoridade para a marca, como falado anteriormente, um fornecedor de software consegue manter sua página na web oferecendo leituras de conteúdos amplos e completos.  

Ter links tem suas virtudes, ainda mais vindo de outras páginas também com autoridade, é um dos fatores primordiais para SEO. Primeiro por se tratar de um conteúdo embasado ou mesmo guia prático, outras páginas podem procurar e referenciar este conteúdo e a medida que vai passando o tempo ele vai ganhando link constantemente, o que dá mais autoridade a página.

Aplicando métodos de cauda longa (long tail) é gerado (somado mês a mês), mais tráfego no longo prazo, mas nem sempre o evergreen é elaborado neste formato, mas são bastante similares, por serem perenes estão sempre à procura do público. 

Por essas razões a otimização se faz necessária para que esteja entre as primeiras páginas de busca com o mesmo conteúdo, e a fim de obter resultados a utilização de palavras chave que atrai visitantes de maneira rotineira por muito mais tempo.

Os posts de uma empresa de medicina do trabalho por exemplo, se tem a pretensão de manter as informações online por mais tempo, deverão aplicar edições corriqueiras pois abordam assuntos que exigem essa prática. E ao oferecer um material rico ainda estará convertendo interessados em leads, por assuntos e interesses, utilizando de abordagens temáticas para isso.

Logo se o assunto tratar de atualizações de novos aplicativos, as abordagens poderão ser de outras maneiras; passo a passo da funcionalidade de cada um, análise de mudanças que podem ou não serem significativas e quais os seus maiores impactos, além também de gerar guias completos de tudo o que puder ser reaproveitado. 

Esta segmentação de leads se qualifica diante de cada abordagem que pode ser tema específico para aumentar as possibilidades e qualidades em termos de identificação por parte dos usuários. 

Certas metodologias podem configurar como pilares para a construção de um conteúdo evergreen de boa qualidade. Seja para um website de distribuidora de papel toalha,  saber chegar até o público com os recursos ilimitados através das palavras-chave é uma delas com pesquisas aprofundadas das que estão em alta, através de ferramentas gratuitas para tal efeito.

O comprometimento com a pauta vale para toda produção e distribuição de conteúdos que houver, pois cada abordagem é única e toda proposta tem seu fundamento, dessa forma é possível mais fidelidade por conta dos visitantes.

Caso o assunto seja uma novidade no mercado, como no segmento de empresa de segurança do trabalho, o implemento de listas com prós e contras e modos de uso desse produto seria uma boa estratégia para início, falar das modificações que esse produto permite ao mercado, comparativos com outros produtos similares.

Esse diferencial de abordagens temáticas vai acontecer caso as pesquisas sejam feitas de maneira atemporal e aguda, ou seja, quanto mais análises e soluções para problemas que estão sempre se estabelecendo pela rede, melhor sua página fica e mais se destaca.

Vantagens de produzir o conteúdo evergreen

Fixando um método de posicionamento atualizado da marca, mostrando as tendências não de forma direta, pois o foco está em não citar novidade nem prever o futuro, mas sim em fugir dos temas com alto foco em renovação constante. 

Após a firme construção de audiência nas redes sociais e a permanência de postagens, as redes sociais tornam-se fortes aliadas para os conteúdos perenes continuarem atraindo olhares de visitantes, pois são canais em alta demanda de usabilidade. 

Ainda que pensem sobre a interação em tempo real, perfis que aparentemente estão abandonados, sem alguma interação recente ou atualizada dificilmente terão a conquista por engajamento do público. 

Com isso, diferentes características textuais terão de ser abordadas, mas o ponto chave são os cumprimentos por frequentes posts diários. Utilizando de repostagens de tempos em tempos, seguramente em diferentes dias e horários. 

Exemplos de conteúdos evergreen: 

  • Comparativos;
  • Listas;
  • Guias e Curiosidades;
  • Glossários e indicações;
  • Checklist e lições;
  • Estudos de casos e de pesquisas;
  • Recomendações;
  • Ferramentas e calculadoras;
  • Resenhas de produtos.

Como todo conteúdo evergreen há um tom mais educativo, cumprindo fielmente a função de abrir as portas para qualquer marca desde advogado direito do consumidor, até mesmo microempreendimentos focados em automobilismo, estes assuntos tendem a ser mais amplos por isso é mais adequado pensar nos passos iniciais de compras, como o topo de funil.

Estratégia de “tempo real” para a divulgação nas redes sociais, definida por divulgações que podem não terem sido vistas por pessoas que eventualmente não estavam online naquele momento dedicado a postagem.

Entre os mais variados formatos, cada um ainda possui suas especificidades como parte da amplitude de uma estratégia digital, assim para que haja uma identificação imediata se o conteúdo que está sendo consumido é duradouro, basta a reflexão sobre a expectativa referente ao assunto poder ser diminuída com o tempo. 

Caso a resposta seja negativa para essa reflexão, é possível que seja evergreen e gere resultados constantes com o tempo, e para que não esteja datado, ou seja, a comunicação precisa ser feita com datas concretas utilizando hoje, ontem, amanhã.

Exemplo: não usar “foi feito ontem” e sim “foi executado em 05 de agosto”

Trocar os advérbios de tempo por outras contextualizações, ou seja, “atualmente” ou “hoje em dia”.

Exemplo: “atualmente está rico o mercado financeiro na empresa de armazenamento” por “o mercado permanece aquecido em meio a tanta dificuldade…” . Contanto que as frases não estejam soltas e mal interpretadas, mas sim concretas e mais organizadas o possível para a leitura.

Como uma técnica de manutenção de conteúdos, está a verificação dos links internos que ainda estejam em funcionamento, a diversidade de conteúdo presente na página, revisão completa de conteúdos que incluem artigos e também o SEO da página. 

Além também de imagens otimizadas e com qualidade ímpar, links de conteúdos de outras páginas são primordiais para que haja uma eficiente otimização para implementação de conteúdo verde nas ações.

Analisando e revendo se realmente vale a pena a atualização daquele assunto para o blog, vai gerar o entendimento do rendimento que aquele assunto pode acabar gerando, por isso atualizações pontuais como: volta às aulas, black friday, natal, início de ano são sempre bem-vindas para gerar renovações.

Logo diferenciando também o que não é um conteúdo evergreen possibilitará mais chances de assertividade. Por exemplo: Estatísticas e tendências que saem de moda, tendências atuais, postagens datadas, alteração apenas de títulos, adicionar uma imagem. 

É importante esse tipo de conteúdo para SEO e qualquer que seja o segmento a ser seguido por parte de gestores e redatores, seja uma fanpage de uma empresa de logística,  todos os direcionamentos devem ser mantidos para que os alcances (métricas) possam ser vistos gradualmente conforme as novas atualizações de conteúdos acontecem.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Como posso te ajudar?