Uma das maiores tendências de mercado atualmente, sem dúvida é o e-commerce. Isso porque essa tendência tem gerado uma grande movimentação dentro do mercado comercial e isso tem gerado boas perspectivas para as empresas.

Isso significa que é interessante investir nesse mercado enquanto ele ainda é uma tendência emergente e possibilitar o maior número de adesão de clientes para sua marca, resultando em uma significativa performance.

Então é comum verificar esses negócios virtuais cada vez mais em alta viabilizando serviços diversos, seja de entrega, que muitas empresas já prestam para outras, principalmente dentro do meio industrial, transportando uma balança antropométrica, por exemplo.

Diante disso, é válido ressaltar que o e-commerce ainda tem sim um problema muito grande principalmente para aqueles que trabalham com produção própria, tornando-se muito recorrente atualmente, o que ainda se torna um ponto negativo para que muitas empresas acabam adentrando esse meio.

Quer saber um pouco mais sobre qual é o problema do e-commerce, afinal? Para seguir com a leitura e veja também meios de você conseguir corrigir esse problema e conseguir ter uma atuação muito mais eficiente!

O maior problema do e-commerce?

Devolução.  Muito provavelmente você já deve ter feito alguma troca online, o que significa que você fez a devolução desse produto e ou pediu cancelamento ou pediu um novo em troca.

Isso é mais comum do que pensamos, principalmente porque é muito simples fazer essa devolução e acaba sendo um processo muito rápido dependendo da loja. Tornando-se ainda mais fácil quando se tem um bom sistema para o seu negócio virtual fazer o retorno de uma máquina de dublagem para o cliente, por exemplo. 

Ou seja, ainda é um problema para muitos empreendedores que têm muitos prejuízos com trocas, principalmente por dispor de um produto que pode estar em boas condições ao sair do produtor e durante o transporte ter algum tipo de problema, o que acaba chegando no cliente e dando a possibilidade de troca.

Então, é comum que muitos negócios virtuais tenham esse problema, principalmente por ser focado em produtos menos variáveis, afinal é referente apenas a um produtor.

Acontece que em muitos e-commerces essas trocas tendem a ser maiores do que necessariamente o envio de produtos, o que realmente se torna um problema, principalmente se você trabalha em um setor mais segmentado.

Como corrigir esse problema 

Sendo assim, uma das formas de corrigir esse problema é manter uma boa comunicação com o cliente, pois você vai ter uma noção geral de como esse produto chegou até ele e tentar resolver da melhor forma possível, apresentando um caminho para esse cliente.

É comum, portanto, que empresas utilizem alguns meios mais práticos de efetuar essas devoluções, sem necessariamente terem prejuízos, que pode ser resolvido facilmente pelo SAC.

Isso significa que um cliente tem todo direito de reclamar de um produto, sim, mas ele ainda pode ser utilizável é interessante que o pós-venda desse produto possa indicar para esse cliente a sua utilização e ainda resolver de maneira prática essa situação.

Sendo assim, se um cliente possui alguns compressores, por exemplo, que não apresenta defeitos da sua composição e tenha total funcionalidade, é interessante que ele possa fazer o uso dela, para que a manutenção de compressores seja feita em último caso.  

Além disso, é interessante fazer o uso de algumas campanhas de conscientização em seu próprio site, assim que o cliente a dar entrada a ele poder compreender um pouco mais sobre esse quesito de devoluções e utilização de produtos. 
Este artigo foi produzido por Eduarda Prestes, criadora de conteúdo do Soluções Industriais.

Como posso te ajudar?