O marketing digital, desde o seu surgimento, acelerou profundamente o próprio desenvolvimento. São dezenas de vertentes e possibilidades de uma empresa alcançar seu público de forma ativa e uma das mais populares atualmente é o marketing de afiliados.

O marketing de afiliados pode ser definido como uma modalidade de marketing indireto. Sua operação vem de um sistema de recompensa para parceiros que atraem visitantes e clientes para os ecossistemas da marca.

Por mais que as parcerias entre marcas e trabalhadores, ou vendedores autônomos, não sejam novidade, o marketing de afiliados cresceu de forma consistente graças ao marketing digital.

O destaque dessa opção existe por ser uma boa oportunidade para renda extra dos afiliados ou até uma especialização. Além dos parceiros, as empresas de diversos meios como instalação de catraca biométrica podem colher os benefícios dessa estratégia.

Publicações em blogs ou postagens em redes sociais podem ser uma fonte de renda consistente para os afiliados. Esses meios de divulgação apresentam, em geral, um infoproduto que é produzido para essa distribuição massiva.

O marketing de afiliados é mais uma estratégia de divulgação de produtos que depende da colaboração, e o mais interessante dessa vertente é que todas as partes geram um bom valor de retorno.

É comum que criadores de conteúdo famosos e com uma boa proposta de valor tenham dificuldades para vender, e que vendedores não tenham um produto potente. Esse criador pode oferecer uma comissão para que pessoas promovam seu conteúdo e gerem vendas.

Muitas vezes, o marketing de afiliados é apresentado para as pessoas como uma promessa de dinheiro fácil com discursos como “ganhe dinheiro até dormindo”, mas é preciso conhecer profundamente a estratégia antes de criar grandes expectativas.

A renda passiva de um produto digital pode ser adquirida quando se produz um conteúdo vendável e se automatiza ou terceiriza a venda. Esse método busca não só oferecer valor para o comprador, mas um incentivo para a promoção do vendedor independente.

Do outro lado dessa estratégia, o vendedor pode rastrear a Internet em busca de produtos interessantes para vender em troca de uma comissão. Essa relação comercial nativa das redes, em grande parte focada em infoprodutos, pode aparecer em outros nichos.

Definição de marketing de afiliados

O marketing de afiliados é uma modalidade de parceria comercial que conecta uma empresa, um empreendedor que cria conteúdo ou produtos, a uma outra empresa ou vendedor autônomo. Essa relação é remunerada através de comissão por venda.

Um empreendimento de portaria remota pode não ver vantagem na setorização de uma equipe de vendas contratada por um valor fixo, mas existe a oportunidade de contar com profissionais em vendas que receberão conforme os contratos fechados.

Esse formato de parceria é o embrião do marketing de afiliados, que conquista cada vez mais espaço em volta do marketing digital. Uma das principais mudanças que a técnica gerou no mercado é a incidência de um esforço para atrair não só clientes, mas parceiros.

As estratégias de marketing de afiliados criaram a profissão de representantes comerciais, e por mais que seja uma atividade acessível, é necessário dominar diversas habilidades para vender e gerar bons resultados com as comissões e os parceiros.

Quando esse processo acontece de forma integral no ambiente digital, se trata do marketing de afiliados; que teve seus primeiros passos dados na Internet no meio da década de noventa.

Por mais que as grandes empresas sejam utilizadas de exemplo, o marketing de afiliados é uma boa opção também para pequenos fornecedores de produtos nichados e exclusivos. O recurso pode ser proposto quase como uma estratégia de guerrilha de vendas.

Ao ter um grupo de pessoas ativas digitalmente e engajadas para vender um determinado produto, a empresa de chapa de madeirite ganha muito mais capacidade dentro de meios como redes sociais ou o próprio tráfego online.

Um vendedor pode se tornar um especialista no produto vendido e se destacar como uma referência no ambiente digital sobre o tema proposto. Muitas vezes, essa conexão pode partir de um consumidor que, ao promover algo que gosta, também é recompensado.

A falta de um vínculo formal e a identificação de um vendedor com um produto também pode ser um fator que reforça um discurso de venda. A afirmação de uso do próprio vendedor, como a frase “eu uso e recomendo”, é muito potente para gerar mais conversões.

Como funciona o marketing de afiliados na prática

A estrutura do marketing de afiliados para uma empresa de assistência técnica lenovo pode ser dividida em quatro setores que trabalham em conjunto e harmonia para vender. Essas partes são:

  • Produtor: responsável por desenvolver e disponibilizar o produto;
  • Afiliado: profissional de marketing que desenvolverá o processo de venda;
  • Consumidor: público-alvo do produto que será abordado pelo afiliado;
  • Meio ou rede: espaço digital onde essa conexão acontece.

Na maioria das vezes, o marketing de afiliados acontece por meio de links de compra personalizados, assim, as compras de um serviço da área de licenciamento ambiental podem ter uma relação de quais afiliados promoveram melhor os seus links.

O grande destaque dessa estratégia está em ser uma modalidade de marketing com benefícios para todas as partes. Além disso, o marketing de afiliados proporciona outras vantagens.

A valorização da produtividade do afiliado a partir do quanto ele consegue vender é um grande incentivo para ele vender cada vez mais. Assim como ocorre nos meios digitais, em especial com produtos online, a tendência é que as vendas cresçam exponencialmente.

Acompanhado de um bom retorno financeiro, o marketing de afiliados agrega uma série de utilidades. Um dos benefícios da estratégia que mais se destacam como uma porta de entrada é o baixo nível de investimento necessário.

Além do acesso à Internet, basicamente o único investimento essencial para se tornar um afiliado é a disposição de tempo para aprender e promover os produtos escolhidos. Graças a essa viabilidade, o marketing de afiliados é muito utilizado como incremento de renda.

Por ser um mercado relativamente novo, este tipo de marketing permite uma maior liberdade para escolher o nicho de atuação de trabalho, infoprodutos, modas segmentadas, produtos de um segmento específico, e outras opções que estão inseridas na estratégia.

Através de parcerias com empresas do mercado, um usuário de redes sociais pode gerar renda a partir de uma paixão ou um hobby. Um músico pode se tornar afiliado de uma loja de produtos musicais e promover esse produto a partir de um conteúdo autoral.

Geralmente, o primeiro passo de um empreendedor acontece por meio do marketing de afiliados. Como o trabalho de afiliado para uma empresa de serviço de limpeza de telhado pode ser feito remotamente, o afiliado precisa de disciplina para render mais.

4 dicas para começar no marketing de afiliados

Tudo o que é necessário para começar a investir no marketing de afiliados é um produto para ofertar e acesso à Internet. Contudo, para alcançar bons resultados é necessário seguir alguns passos.

1. Selecione um programa de fidelidade

Antes de qualquer coisa, é indispensável escolher um bom programa de fidelidade e para isso é preciso fazer muitas pesquisas. A escolha certa é a que dispõe do melhor produto com uma boa forma de entrega para o seu público.

2. Escolha um produto familiar para você 

Além disso, escolher um produto com base na sua familiaridade com ele é o que facilitará as vendas ou a valorização delas com uma boa comissão. É muito importante trabalhar com um produto que você conhece a fundo e com o qual se identifica.

3. Conheça seu público-alvo

Quando um vendedor afiliado domina o assunto de iluminação de led para sala, ele pode apresentar sua autoridade como validação para o discurso de venda. Junto a isso, é primordial conhecer seu público para entender as demandas dele e usar isso em seu favor.

4. Defina seu planejamento de vendas

Por último, antes de começar a colocar a estratégia em prática, é preciso definir de forma consistente como será a atuação de vendas, em quais canais ela será feita, para qual público e qual a linguagem ou técnica mais adequada para faturar bem.

Considerações finais

Como dito anteriormente, um dos assuntos mais falados dentro do universo do marketing digital é o marketing de afiliados, e é comum ver este termo ao lado de promessas incríveis de rendimentos altos com pouco comprometimento.

Contudo, assim como em toda área profissional, é preciso conhecer o mercado para identificar o que é real e o que é expectativa. Com o aumento do trabalho remoto, esse campo cresceu com menos formalidade que um papel timbrado psicologia.

Em resumo, este artigo detalhou como o marketing de afiliados é uma estratégia que permite que empresas divulguem seus produtos por meio de outras pessoas que recebem uma comissão por cada venda.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Como posso te ajudar?