Créditos: iStock

Frequentemente estudados no curso de psicologia, os gatilhos mentais são fundamentais em diversas áreas de atuação, principalmente quando relacionados a vendas, como o marketing digital. Basicamente, trata-se de uma técnica de estímulos que servem para que pessoas tomem decisões, sendo influenciadas. 

E, apesar de parecer complicado ou até mesmo uma manipulação, os gatilhos são desenvolvidos de acordo com o estudo e a ciência, se baseando nos sentidos básicos do ser humano, que nos levam à ação. Para isso, é importante conhecer profundamente o seu produto e quem você deseja atingir. 

É importante frisar que, quando chegamos a sentimentos e influenciamos pessoas, as reações podem ser diversas, capturando sensações positivas ou negativas. Portanto, quando realizada da maneira correta, dentro do marketing digital, é possível conquistar alguém por memórias, sonhos, grandes vontades, vivências, etc. 

Mas quando devemos usar os gatilhos mentais e como eles podem ser favoráveis dentro do mercado de trabalho? A resposta é simples: sempre que você desejar vender. Como explicado anteriormente, a estratégia tem como função o convencimento de alguém a algo, por meio das emoções. 

Portanto, se você deseja divulgar um restaurante, por exemplo, use e abuse de imagens, sons e detalhes que podem fazer com que o seu público-alvo resgate na memória aquela receita de infância, que apenas a avó cozinhava como ninguém, com o melhor gosto caseiro.

Dessa forma, agora que você já sabe o que é e para que serve, conheça três dos mais famosos gatilhos mentais do marketing digital: 

Gatilho Mental da Urgência 

Quantas vezes você entrou em um site e se deparou com um relógio mostrando o tempo restante de uma liquidação com um grande “não perca”? 

Esse gatilho de urgência incentiva que os compradores corram para adquirir o produto, pois o atrativo de ter aquilo que se quer, com um benefício a mais – a promoção –, passa a ser imperdível. Muito utilizado em diversos sites de venda, esse gatilho é um dos mais famosos e eficazes. 

Gatilho Mental da Comunidade 

O ser humano tem a necessidade de pertencimento, de fazer parte de algo especial, de algum grupo, mesmo que inconscientemente, e é justamente isso que esse gatilho deve proporcionar: a sensação de exclusividade. 

Portanto, defina sua meta, para onde você deseja que o seu potencial cliente olhe, mas também defina quem são esses clientes e o que eles almejam, onde e no que eles desejam sentir essa exclusividade. 

Esse é um gatilho que funciona bem para produtos que chegam em primeira mão para aqueles que os desejam, ou então para marcas de luxo, que reforçam a ideia de que nem todos possuem o mesmo poder aquisitivo. 

Gatilho Mental da Curiosidade 

A curiosidade é, de longe, uma das coisas que mais motiva o ser humano, então nada melhor do que aproveitar isso para criar a sua estratégia de marketing. 

No seu texto, use e abuse de títulos que convidam o leitor a descobrir mais sobre o assunto, como, por exemplo: “Como ganhar dinheiro na internet? Assista ao vídeo e descubra”. Com isso, você já ganhou cliques e engajamentos, caso seja o seu desejo. 

Além disso, o lançamento de um produto, como os bastidores de um videoclipe, por exemplo, ou uma surpresa para o seu cliente quando ele busca por aquilo que você tem a oferecer, também são métodos de gatilhos de curiosidade.

Como posso te ajudar?