Categorias
email marketing

Email marketing: o guia completo

email marketing

Os especialistas em comunicação adoram declarar, mostrando grande segurança, que o email marketing já está com os dias contados. Entretanto, podemos apostar que, com apenas uma olhada na caixa de entrada do seu e-mail, já temos todos os elementos suficientes para provar o contrário. Certamente, e-mails promocionais ainda estão chegando até você!

De fato, muitas pequenas empresas demonstram interesse renovado em email marketing. O email é uma forma de de alcançar clientes com mensagens relevantes e personalizadas no momento certo sem depender dos gigantes da Internet cada vez mais restritivos. É um canal que mostra crescimento saudável e constante entre usuários globais, sem nenhum sinal de desaceleração.

Seja você iniciante em email marketing ou já trabalha outros canais de marketing digital, este artigo mostrará como o email marketing realmente funciona e como aproveitar ao máximo todas as comunicações que podem ser feitas por ele.

O que é email marketing?

O email marketing consiste no envio de mensagens de marketing aos clientes atuais e em potencial para vender, informar ou construir uma relação de confiança.

O e-mail é um canal de marketing digital que você possui, no sentido de ter controle total do conteúdo e de sua distribuição. Normalmente, funciona melhor quando usado para enviar mensagens personalizadas e relevantes para listas de destinatários segmentadas. É uma ferramenta particularmente importante no campo do comércio eletrônico, onde é usado para enviar mensagens comerciais, promocionais e pós-venda (o que trocaremos em miúdos mais abaixo).

Porque o email marketing é a chave para o sucesso no e-commerce?

A realidade é que os novos visitantes do seu site, mesmo que você tenha tráfego altamente segmentado, geralmente não voltam. Exceto se você agir para recuperá-los.

Criar uma lista de endereçamento e enviar comunicações atraentes aos participantes dela é algo que oferece a oportunidade de manter o tráfego conquistado meticulosamente em seu site. É algo que oferece aos usuários um incentivo para manter contato com você.

Você ainda não usa o email marketing para beneficiar seu negócio de e-commerce? Você provavelmente está perdendo oportunidades de receita para o seu negócio. 

Queremos provar isso para você. Aqui estão algumas razões pelas quais você deve considerar integrar o email marketing à sua estratégia de marketing digital.

1. Os e-mails permitem que você construa relacionamentos estáveis ​​com os clientes

Mecanismos de busca e plataformas de mídia social são ideais para você ser rastreado por futuros clientes; mas os e-mails continuam sendo a melhor maneira de manter e fortalecer os relacionamentos existentes ao longo do tempo.

De acordo com estudos, 66% dos consumidores on-line preferem comprar novos produtos de marcas com as quais estão familiarizados. E é óbvio que isso não vai te surpreender se você estiver acostumado a fazer compras online. De fato, é mais provável que os usuários on-line comprem em sites e marcas com as quais estão familiarizados e com quem já tenham estabelecido um relacionamento.

Normalmente, os e-mails desempenham um papel vital ao incentivar a segunda compra de um cliente e as subsequentes. Ter clientes de volta ao negócio é importante para muitas empresas; especialmente porque reduz o custo médio de aquisição de um cliente.

2. Os e-mails são incrivelmente eficazes na promoção de vendas

Um estudo de 2018 descobriu que cada dólar gasto em email marketing retorna em média 32 dólares para os negócios.

Obviamente, certas empresas (e produtos) se adaptam particularmente bem ao email marketing. E os retornos nunca são garantidos. Mas, ao longo dos anos, pesquisas semelhantes surgiram trazendo a mesma informação: o email é um canal de alto desempenho no marketing digital, que geralmente oferece melhores resultados do que outros canais.

3. O email não está sujeito à influência de gerentes de terceiros

Aqui está um aspecto cada vez mais importante do email marketing. Os emails não estão sujeitos à mudança de vontade das plataformas centralizadas como o Facebook ou o Instagram, onde alterações inesperadas nos algoritmos podem comprometer completamente uma estratégia de comunicação.

O alcance orgânico das páginas do Facebook vem diminuindo desde 2013, pois a plataforma continua focando o Feed de Notícias na promoção do conteúdo de amigos e familiares. Da mesma forma, é cada vez mais difícil rankear nas páginas de resultados do Google: anúncios e caixas com respostas a perguntas freqüentes causam uma queda nos cliques na pesquisa, principalmente no celular. Para alcançar clientes nessas plataformas, hoje, mais do que nunca, você precisa gastar – e os custos estão aumentando.

Comece com email marketing

email marketing

Para começar, você terá que escolher um serviço de marketing por email, desenvolver uma estratégia para aumentar a lista de emails e entender como enviar emails em conformidade com os regulamentos.

Escolha um software de email marketing

Como alternativa, você pode escolher um software de marketing por email para começar a criar sua lista de emails. A escolha é vasta, por isso não é necessário ser muito perfeccionista nesse momento, até porque você sempre pode mudar para outro provedor depois se quiser. 

Em vez disso, selecione uma solução com boas críticas e adequada às suas necessidades (por exemplo, preços, editores, modelos de email, etc.).

Feito isso, comece a enviar e-mails e ganhar dinheiro.

Comece a criar sua lista de endereçamento

Pergunte aos empresários de e-commerce sobre seus arrependimentos em relação ao marketing e muitos responderão: “não começar a coletar endereços de e-mail desde o primeiro dia”. É aconselhável que você enxergue isso como um ensinamento. E comece a aumentar sua lista de membros o mais rápido possível, mesmo antes de iniciar seu negócio.

Há algo muito importante que você precisa saber antes de começar a criar sua lista de emails: para entrar em contato com clientes e potenciais clientes, você deve primeiramente obter o consentimento deles. Existem várias maneiras de fazer isso:

1. Configure uma página de pré-lançamento

A validação de um produto requer depoimentos de clientes pagantes; mas também ter uma lista de emails cheia de clientes em potencial é um bom começo.

Antes de abrir oficialmente as portas para os clientes pagantes, configure uma página de destino básica em seu domínio, convidando os visitantes a se manterem atualizados, digitando o endereço de e-mail. 

Não pergunte. Em vez disso, escreva um texto explicando o que é interessante sobre o seu próximo produto e ofereça fortes incentivos para os clientes que deixarem seus contatos imediatamente. Por exemplo, um desconto de 20% no dia do lançamento.

2. Colete os emails dos clientes que compram e junte-os à sua lista

É importante para as empresas de e-commerce que os clientes criem contas em seus portais.

Antes de tudo, isso envolve o compartilhamento de informações valiosas, como o endereço de e-mail do cliente. Além disso, facilita o rastreamento do histórico de compras deles. A desvantagem é que muitos clientes acham uma perda de tempo criar uma conta para uma única compra.

Um bom compromisso é fornecer a capacidade de criar uma conta imediatamente após o primeiro pedido. 

3. Coloque formulários de inscrição em seu site

email marketing

Para aumentar sua lista de e-mails, você precisa solicitar diretamente às pessoas que se inscrevam para receber seu conteúdo. 

Portanto, é óbvio que o melhor lugar para perguntar se querem ou não é onde eles já estão envolvidos: nas páginas relevantes do seu negócio na internet. 

Apenas certifique-se de não comprometer o design do seu site, para evitar dar uma primeira impressão negativa.

Por exemplo, tente colocar formulários de registro em:

Cabeçalho, navegação ou rodapé

Esses módulos provavelmente levarão a taxas de conversão mais baixas do que as de uma página de destino dedicada; mas, com o tempo, o número de membros aumentará, principalmente se você oferecer incentivos, como descontos para novos clientes.

Page Quem somos

Como escreve o comerciante Bob Frady: “Os clientes não se inscrevem para e-mails, mas para sua marca”. O email é simplesmente um mecanismo: sua marca e ofertas são a espinha dorsal de sua proposta de valor e o incentivo para que os usuários forneçam seus emails. 

Se a página Quem Somos promover sua visão de negócios, é um ótimo lugar para incentivar os clientes a se inscreverem.

Blogs ou páginas de recursos

Se você está usando o marketing de conteúdo para treinar seus clientes e se posicionar nos mecanismos de pesquisa, já está atraindo clientes em potencial que procuram informações; portanto, incluir um formulário de inscrição direcionado no corpo do texto ou na barra lateral do seu blog pode ajudar a avançar os usuários pelo funil de vendas.

Formulário pop-up

Tente configurar os pop-ups para ativar quando um visitante estiver saindo do site de modo que não interrompa a experiência de navegação deles. 

Os pop-ups relacionados à intenção de saída são exibidos apenas quando um visitante move o mouse do seu site para a barra de pesquisa ou o botão Voltar; e ofereça uma segunda chance para coletar o e-mail dele. 

Experimente aplicativos que fazem o trabalho de criação de popups e escolha as melhores alternativas para o seu negócio.

4. Acelere as inscrições com ímãs realmente atrativos

Com muita frequência, as empresas online acham que só a ideia de receber uma newsletter já é motivo suficiente para se inscrever. 

O marketing é baseado em mensagens e fatos tangíveis. E um convite como “Receba nossos e-mails semanais” não é convincente o suficiente, não é mesmo?

Para aumentar a aposta, considere criar uma oferta real como um incentivo adicional para os visitantes cederem seus endereços de email.

Aqui estão algumas abordagens experimentadas e testadas:

Oferecer ofertas e descontos exclusivos

Cuidado com os descontos: eles podem danificar suas margens de lucro, acostumando os clientes a sempre aguardar ofertas para fazer compras. 

Os descontos geralmente fazem sentido em termos econômicos se eles conseguirem manter um cliente em potencial que você teria perdido em qualquer caso; o que significa que eles podem ser um incentivo valioso para que os clientes deixem seus emails.

Organize concursos e sorteios

Embora os concursos possam trazer muitos registros, a desvantagem é que eles atraem usuários que procuram benefícios gratuitos. 

Use as ofertas para destacar ou iniciar sua lista de discussão; mas não confie neles para criar um público engajado a longo prazo. 

Ofereça conteúdo gratuito

Alguns tipos de produtos se beneficiam do compartilhamento de um conteúdo adicional com os clientes. 

Como afirma a desenvolvedora Kathy Sierra em seu livro Making Users Awesome , “ninguém quer ser bom em câmeras, mas todo mundo quer tirar belas fotos”.

Considere criar conteúdo gratuito que contenha valor tangível para seu público-alvo; algo que os predisponha a comprar. Os melhores gatilhos que geram várias conversões são os que oferecem algo que os visitantes possam usar imediatamente; e destacam uma lacuna que seu produto pode preencher.

5. Peça endereços de e-mail pessoalmente

Há um valor oculto nas abordagens menos escaláveis ​​para coletar emails; em particular no que diz respeito às opções disponíveis no mundo físico. Se você vende seus produtos através de lojas pop-up, recebe pedidos pontuais de amigos ou já possui uma loja física, você terá várias oportunidades de solicitar diretamente o e-mail dos clientes.

O mesmo conceito se aplica aos CTAs “físicos”: inserções em campanhas e cartões de agradecimento enviados com chamadas que podem incluir descontos ou ofertas para os clientes que voltam para a loja; basta configurar uma página separada que os clientes possam acessar inserindo as informações no navegador.

Envie e-mails em conformidade com as regras vigentes.

A publicidade por email é um exemplo de marketing de permissão, um termo cunhado por Seth Godin, profissional de marketing e autor de best-sellers. 

Em suma, cada usuário é livre para dar e retirar o consentimento para ser contatado pela sua empresa. O relacionamento que você estabelece com os usuários da sua lista de correspondência está sujeito ao consentimento deles; e isso não apenas do ponto de vista de marketing, mas também do ponto de vista jurídico.

Se você não cumprir com os regulamentos, o Procon poderá bater na sua porta ou fazer seu telefone tocar…

Conheça alguns tipos de campanhas de email marketing para experimentar

email marketing

Enviar mensagens irrelevantes ou indesejadas para as pessoas erradas ou na hora errada é uma maneira de desperdiçar a oportunidade de enviar e-mails como um canal de marketing. Então, vamos falar sobre os diferentes tipos de campanhas e ver como torná-las atraentes para os clientes.

Existem três categorias principais de email marketing para o comércio eletrônico:    emails de serviço, promocionais e comunicações pós venda.     

E-mail de serviço

Eles são enviados durante o check-out e para outras ações de compra. São principalmente de natureza funcional e servem para comunicar informações importantes a clientes individuais como confirmações de pedidos, recibos, etc. Os e-mails de envio de produto se enquadram nessa categoria.

E-mails promocionais

Eles foram criados para aumentar a conscientização sobre uma oferta específica ou (você adivinhou!) para divulgar promoções. 

Por exemplo, esta categoria inclui e-mails para a Black Friday, um guia de presentes para o dia das mães, para o dia dos namorados, emails para vendas no verão ou com uma oferta por tempo limitado.

Email de comunicação pós venda

Os emails de comunicação pós venda, também conhecidos como emails “acionados”, recebem esse nome porque são enviados com base nas ações executadas pelo comprador e no ponto do “ciclo de vida do cliente” no qual ele está localizado. 

Por exemplo, um email de abandono de carrinho é enviado somente depois que um cliente deixa produtos no carrinho.

Como já dissemos no início deste artigo, o email marketing está muito longe de acabar e pode auxiliar o seu negócio em várias situações, tanto na aquisição de novos clientes quanto na manutenção dos mesmos. Se você deseja saber mais sobre o assunto, entre em contato conosco e solicite mais informações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *